quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

IURD nega acusações de tráfico de crianças portuguesas

   

Diário de Notícias


 
   YOUTUBE/IURD   
IURD fala em "campanha difamatória e mentirosa". Netos de Edir Macedo juram em vídeo:"Nós não fomos raptados" 
Num comunicado divulgado no Brasil, a igreja brasileira afirmou que a investigação realizada pelos repórteres da estação portuguesa de televisão TVI baseia-se no depoimento falso de um ex-bispo chamado Alfredo Paulo, que teria sido expulso da igreja por conduta imprópria.
A IURD acrescenta que "os seus membros, em Portugal e fora do país europeu, apresentarão inúmeras ações contra a TVI em Portugal e no exterior".

Num vídeo divulgado pela Igreja Universal num canal oficial do Youtube dois jovens chamados Vera de Andrade e Louis Carlos de Andrade, netos de Edir Macedo, que foram adotados no lar mantido pela igreja em Lisboa, pronunciaram-se alegando que a reportagem da TVI fez acusações que não são verdadeiras.

"A TVI está a dizer coisas a nosso respeito que não são verdadeiras. Estão a dizer que fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal. Nós não fomos raptados, fomos adotados de forma legal por uma família americana e vivemos até os nossos 20 anos com esta família nos Estados Unidos", disse Louis Carlos.

Na noite de segunda-feira, a TVI iniciou a exibição de uma série de reportagens denominada "O Segredo dos Deuses", na qual noticia que a IURD esteve alegadamente relacionada o rapto e o tráfico de crianças nascidas em Portugal.

Os supostos crimes teriam acontecido na década de 1990 com crianças levadas para um lar em Lisboa, que teria alimentado um esquema de adoções ilegais em benefício de famílias ligadas à IURD que moravam no Brasil e nos Estados Unidos.

Entretanto, o Ministério Público português abriu um inquérito sobre esta alegada rede de adoções ilegais de crianças portuguesas ligadas à IURD, disse segunda-feira à Lusa a Procuradoria-Geral da República.

"Existe um inquérito relacionado com essa matéria, tendo o mesmo sido remetido ao DIAP [Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa] para investigação", adiantou a Procuradoria-Geral da República numa resposta enviada à Lusa.

O primeiro episódio da série da TVI, que afirma ter tido acesso a mais de 10 mil documentos numa investigação que durou sete meses, conta a história do reencontro de uma mãe portuguesa com os seus três filhos, retirados segundo ela sem autorização pela Segurança Social e depois enviados para uma outra família que vivia nos Estados Unidos.

Segundo informações levantadas pela TVI, a IURD tem atualmente nove milhões de fiéis, espalhados por 182 países, 320 bispos e cerca de 14 mil pastores.

Esta igreja evangélica foi fundada no final da década de 1970 e é liderada pelo bispo Edir Macedo, considerado um os homens mais ricos do Brasil.

A série da TVI começou a ser exibida segunda-feira e tem previsão de 10 capítulos. 

domingo, 10 de dezembro de 2017

YOUTUBER É CONDENADO NA JUSTIÇA POR 'ENSINAR A PIRATEAR' TV POR ASSINATURA


A Justiça do estado de São Paulo condenou o youtuber do canal Café Tecnológico por “promover o acesso ilegal a canais de TV por assinatura”. 

O juiz Fernando Henrique de Oliveira Biolcati, da 22ª Vara Cível do Foro Central de São Paulo, determinou que o proprietário do canal Café Tecnológico removesse qualquer conteúdo que viole os direitos das programadoras e prestadoras de serviços de TV por assinatura, sob pena de multa diária. Não há informações sobre a possibilidade de o réu recorrer da decisão.

O youtuber foi processado pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), a organização que descobriu que o youtuber compartilhava vídeos no YouTube e no Facebook ensinando procedimentos para obtenção de acesso ilegal a canais de TV paga, bem como indicando equipamentos necessários para a realização da fraude. O juiz entendeu que o youtuber tinha o “intuito claro de guiar os frequentadores de suas páginas na rede no sentido da obtenção de acesso aos conteúdos restritos dos associados da requerente”.

Por conta disso, foi determinada a remoção dos conteúdos de toda a qualquer página na web, incluindo YouTube e Facebook. O Café Tecnológico também terá que pagar uma multa referente ao prejuízo causado às empresas programadoras e prestadoras de serviço de TV por assinatura, mas o valor exato não foi informado pela assessoria da ABTA.

A associação também informou que está vasculhando plataformas sociais e páginas na web para encontrar tutoriais ou qualquer outro conteúdo que incentive a pirataria de canais por assinatura e pretende mover ações individuais contra os responsáveis. (Megacurioso via TecMundo)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Menina de 11 anos comete suicídio por estar infeliz com o corpo

                                   Créditos: Reprodução/Arquivo pessoal
Milly Tuomey tinha comportamento investigado por psiquiatra a jovem chocou a imprensa internacional após ter a causa de sua morte revelada, no último fim de semana.

A menina, de apenas 11 anos de idade, cometeu suicídio em 1ª de janeiro de 2016 por estar infeliz com seu próprio corpo. FONTE:CATRACA LIVRE

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Honestidade de menino emociona eletricista que foi cortar luz de casa por falta de pagamento



                                   (Foto: João Cândido da Silva Neto/Arquivo Pessoal) 
A honestidade de um menino emocionou um funcionário da Companhia Paranaense de Energia (Copel) que foi até a casa da família para cortar a luz por falta de pagamento, em Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná. 

A criança pediu R$ 1 a João Cândido da Silva Neto, de 57 anos, ganhou R$ 5 para dividir com a irmã e a prima, e esperou o eletricista voltar para devolver R$ 2 de troco.
O caso aconteceu em 9 de outubro e foi postado por Neto nas redes sociais no último sábado (14). A história já havia sido compartilhada por mais de 70 mil pessoas na manhã desta quinta-feira (19). Veja o texto completo no fim da reportagem.

No texto, acompanhado de uma foto das mãos do menino devolvendo R$ 2, o funcionário relata que foi fazer a “atividade desagradável” de cortar a energia da família de baixa renda, que vive em uma casa torta de madeira. Quando saía, foi abordado pelo menino, que pediu R$ 1.
Como a conta foi paga, o eletricista voltou no fim da tarde para o religar a energia e foi recebido pelo menino. “Ainda bem que você veio!”, exclamou a criança, entregando R$ 2 para o eletricista.

Após a repercussão da história nas redes sociais, muita gente está mandando mensagens para Neto dizendo que quer ajudar a família. Por isso, na manhã desta quinta-feira (19), ele fez uma nova visita e contou que voltou a se emocionar.
“O pai disse que não precisa levar nada para eles, que tem gente que precisa mais”, disse o eletricista.

Mas, segundo Neto, a situação da família é complicada, já que o casal está desempregado. “Não são só duas contas de luz atrasadas”, explicou. O pai tem problemas cardíacos e não pode fazer muito esforço, e a mãe também está doente, conforme o eletricista.

De acordo com Neto, funcionários da Copel que fazem voluntariado estão verificando uma forma de organizar as doações para que cheguem até a família. “Eu estou muito feliz, estou transbordando de felicidade”, comemorou o eletricista que também faz trabalho voluntário e escreve contos e crônicas de fatos do dia a dia.

No encontro desta quinta, ele disse que conheceu melhor a família e, diferente do que escreveu no Facebook, informou que o casal tem três filhos, uma menina e dois meninos. No dia em que ele foi até lá para cortar a energia, estavam na casa o menino, a irmã e uma prima. Além disso, o nome do menino é fictício, para preservar a família. FONTE: G1 PR LONDRINA

sábado, 14 de outubro de 2017

Professora é acusada de amarrar e colocar crianças em cesto de lixo no interior paulista

  Agência do Rádio

                                                             (Reprodução)
Uma semana depois de um vigia atear fogo em uma creche em Minas Gerais, mais um episódio envolvendo crianças volta à tona nos noticiários. Uma professora de Restinga, no interior de São Paulo, é suspeita de colocar alunos de três e quatro anos dentro de cestos de lixo. Além disso, ela teria amarrado as crianças como forma de punir casos de indisciplina.

Em nota, o advogado Rui Engracia Garcia, que representa a professora, disse que as acusações são falsas e teriam a intenção de prejudicá-la. Ele diz ainda que as mães dos alunos estariam por trás da queixa, depois que foram chamadas ao colégio e tomaram conhecimento da indisciplina dos filhos.
A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar as denúncias, mas o delegado Eduardo Lopes Bonfim, responsável pelo caso, adiantou que as imagens das câmeras de segurança da sala de aula não registraram nenhum tipo de agressão por parte da docente.
A Prefeitura de Restinga também instaurou uma sindicância para apurar o suposto castigo e informou que a educadora foi afastada do cargo, inicialmente por 30 dias. Caso a apuração seja estendida, o afastamento pode ser prorrogado por mais um mês.
Reportagem, Tácido Rodrigues 

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Filho de PM afogadense é encontrado morto em Recife

   FONTE: Blog Do Nil Júnior


O corpo de Emerson Tenório , 25 anos, natural de Afogados da Ingazeira, foi encontrado sem vida no apartamento em que morava no Recife. Segundo informações preliminares do repórter Celso Brandão ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú, hipóteses estão sendo analisadas, mas a mais provável é suicídio. O corpo do jovem foi encontrado pendurado por uma corda. Ele morreu por enforcamento.

Outro indício é o de que há alguns dias ele já havia tentado a própria morte ao ingerir álcool e medicamentos. A família ainda não sabe o que motivou a morte do rapaz.

Emerson era funcionário da Motorolla, havia feito especialização de alguns meses nos Estados Unidos, tinha curso superior e uma carreira tida como promissora.

O pai, militar, é o sargento da PM Edvaldo Silva, da reserva, lotado em Afogados da Ingazeira. A família está inconsolável e trabalha agora para trazer o corpo de volta a Afogados da Ingazeira. A perspectiva é de o sepultamento aconteça nesta quinta-feira, em Afogados da Ingazeira.

domingo, 8 de outubro de 2017

Governo pede penhora dos bens de Ratinho para garantir pagamento de dívida

(Época)                                                                                                                                                        
                                   (Foto: Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress)    
 A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, órgão do Ministério da Fazenda, promove uma blitz contra o empresário e apresentador de televisão Ratinho. 

Busca na Justiça bens para quitar uma dívida tributária de R$ 74 milhões referente ao Imposto de Renda. Entre os bens penhorados para garantir o pagamento da dívida está uma fazenda no Acre, avaliada em R$ 225 milhões. 

A Justiça também determinou à Agência Nacional de Aviação Civil que informe aeronaves em nome dele. A defesa de Ratinho discorda da metodologia aplicada para calcular o imposto e contesta a cobrança na Justiça.

venha anunciar conosco

venha anunciar conosco
divulgue sua empresa sua marca ou seu comercio